Meu paciente idoso tem sarcopenia, devo usar testosterona para melhorar sua força muscular?

Pontos chaves
A sarcopenia é caracterizada pela perda de massa muscular, força muscular e capacidade física devido ao envelhecimento.
-Baixo nível sérico de testosterona tem sido associado à perda de massa e força muscular relacionada à idade.
-O tratamento com testosterona ou outros esteróides anabolizantes tem sido investigado como uma contramedida à perda de massa muscular e perda de força muscular e função física associada ao envelhecimento.  

A utilização de testosterona, como repositor hormonal, ainda não demonstra eficácia comprovada líquida e certa na melhora da sarcopenia.

Na literatura médica mais atual, sobre o tema, até encontramos dados positivos de aumento da massa muscular, mas ao continuarmos a análise no tempo, e nos dados de ganho de força, ou seja, ao se analisar a melhora da força muscular efetiva( a força muscular, a capacidade de subir escadas destes indivíduos e o pico de VO2- parâmetros práticos de análise da força efetiva muscular) não detectamos  ganhos expressivos, no máximo temos ganhos  modestos e que desaparecem com o tempo.

A reposta então correta seria a de não usar, ainda, a testosterona com o intuito de ganho unicamente de massa muscular em pacientes idosos com sarcopenia, mesmo nos que tenham baixo nível de testosterona.

Ref.

Marcelo Rodrigues Dos Santos, Thomas W. Storer,Testosterone Treatment As a Function-Promoting Therapy in Sarcopenia Associated with Aging and Chronic Disease,Endocrinology and Metabolism Clinics of North America,Volume 51, Issue 1,2022,Pages 187-204

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga nosso Instagram

Mais Recentes

Mais Visitados ​

Mais Comentados

Contact Us