Como prevenir ou retardar a sarcopenia?

À medida em que envelhecemos, tendemos a, progressivamente, perder força e massa muscular.

Essa perda é chamada de SARCOPENIA. É um processo que, em geral, se inicia por volta dos 40 anos de idade e que costuma acelerar bastante após os 60 a 70 anos. É bem verdade que a velocidade dessa perda não é uniforme e varia muito entre os indivíduos.

E o que isso pode nos causar?

Ao perdermos músculos, temos mais dificuldades para desempenharmos nossas tarefas cotidianos, subirmos escadas, andarmos, carregarmos peso. Sentimos mais fadiga/exaustão, ficamos mais propensos a cair, a ter fraturas, a sermos hospitalizados.

E o que é pior, ficamos mais dependentes, perdemos qualidade de vida e temos mais chance de morrer. Se nada fizermos para evitar a sarcopenia, todos nós tenderemos a sofrer desse declínio em nossos músculos. Ou seja, precisamos “remar contra a correnteza”.

E o que podemos e devemos então fazer para prevenirmos a sarcopenia?

Até o presente momento, o que se sabe é que nossos maiores aliados e heróis nesse combate são: boa alimentação e atividade física.

A alimentação saudável, balanceada, sobretudo com ingestão apropriada de proteínas, desde idades mais precoces em nossas vidas é fundamental para construção e manutenção da nossa musculatura. Vale lembrar que nossa demanda por proteínas, a matéria-prima do músculo, tende a aumentar com a idade.

Além disso, a atividade física, em especial a prática de exercícios resistidos, como musculação, é também essencial para desacelerarmos a sarcopenia.

Portanto, estejamos atentos para, desde cedo, nos aliarmos a esses dois super-heróis(alimentação saudável e atividade física) e evitarmos o vilão da sarcopenia.

@DanielGomes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Siga nosso Instagram

Mais Recentes

Mais Visitados ​

Mais Comentados

Contact Us