Álcool e Câncer – Oncogeriatria

Há alguns anos, já se sabe que o álcool é fator de risco para vários tipos de câncer, sendo os principais os de boca, garganta, esôfago, laringe, fígado, intestino e mama. O risco é diretamente proporcional à quantidade de álcool consumida, e pode ser bastante relevante para os consumidores abusivos (aqueles que ingerem várias doses de uma vez). No entanto, vários especialistas afirmam que não há quantidade segura da ingesta de álcool, mesmo a famosa taça de vinho diária vem sendo desestimulada.

Existem várias maneiras diferentes que levam ao aumento do risco, incluindo:

  • Metabolização do álcool etílico em acetaldeído, que é um produto químico tóxico e provável carcinogênico humano, podendo danificar o DNA;
  • Geração de substâncias reativas de oxigênio, que podem danificar o DNA, proteínas e lipídios no corpo através do processo denominado oxidação;
  • Prejuízo da capacidade de absorver uma variedade de nutrientes que seriam protetores contra o câncer, incluindo vitamina A, nutrientes do complexo da vitamina B, vitamina C, vitamina D, vitamina E e carotenoides;
  • Aumento dos níveis sanguíneos de estrogênio, hormônio associado ao risco de câncer de mama.

O uso de álcool entre os idosos tem aumentado ao longo dos anos. Atualmente, segundo dados da UNIFESP, cerca de 1 em cada 4 brasileiros acima de 60 anos consome álcool. O consumo abusivo ocorre em cerca de 6,7% dos idosos, o que corresponde a aproximadamente 2 milhões de indivíduos. Esses números aumentaram desde o início da pandemia de COVID-19, motivado pela solidão e tristeza relacionada ao luto e perdas diversas vivenciadas nesse período, como o desemprego. O isolamento social foi ainda mais intenso para os idosos e, assim, esse grupo sofreu ainda mais.

Portanto, devemos sempre orientar os idosos a manter um estilo de vida saudável, com dieta equilibrada e atividade física frequente, evitando o uso de qualquer substância com potencial carcinogênico.

@dra.mariamagalhaes

alcool #cancer #oncogeriatria #envelhcercomsaude

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Contact Us